“Muito Gelo e Dois Dedos D’água” é uma louca comédia que combina toques de humor negro e ingredientes de perseguições policiais. Tudo isso temperado com grandes sucessos da música pop nacional do fim dos anos 80, num clima de muita sensualidade. “Muito Gelo e Dois Dedos D’água” é um filme diferente com elementos de cartoon e uma introdução em animação.
As irmãs Roberta e Suzana têm por volta de 30 anos e possuem personalidades muito diferentes. Na verdade, a única coisa que têm em comum é o desejo de se vingarem da avó, uma velha má que durante a infância as atormentava e torturava com conceitos rígidos de etiqueta e educação.
O plano está pronto. Roberta e Suzana seqüestram a avó e a levam para a casa de praia da família, cenário onde os traumas foram gerados. Antes mesmo de iniciarem a viagem, Roberta conhece Renato, um advogado careta, que acaba fazendo parte dessa inusitada aventura sem sequer saber que existe uma velha desacordada no porta-malas do carro.
Enquanto isso, Francisco, médico e marido de Suzana, desconfiado da repentina viagem da mulher com a irmã Roberta, percebe que alguns de seus medicamentos desapareceram. Ele logo conclui que ela está influenciando Suzana a fazer uso de entorpecentes. Desesperado, segue o conselho de Cleuza, sua irmã, pega o carro e vai resgatá-la.
Esses personagens se cruzam num emaranhado de emoções, sensações e histórias interligadas que levam a uma tripla perseguição e a um desfecho surpreendente e inesperado.